Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(Sem) Manual de Instruções

Porque a vida não tem manual de instruções. Um pouco de tudo o que é importante, tratado com uma pitada de sátira e sarcasmo!

(Sem) Manual de Instruções

Porque a vida não tem manual de instruções. Um pouco de tudo o que é importante, tratado com uma pitada de sátira e sarcasmo!

O vício do Pinterest

pinterest.jpg

 

Tenho com o Pinterest uma relação amor-ódio.

Para quem não conhece, “Uma página cheia de tralha” é talvez a melhor descrição para o Pinterest.

 

Pesquisando por categorias tão distintas com “animais”, “humor” ou “DYI” encontro uma quantidade imensa de coisas giras. Depois de 5 minutos a ver “Pins” de coisas ao estilo “faça você mesmo” fico com vontade de transformar a minha garagem numa oficina e fazer mil e uma coisas maravilhosas a partir de colheres de plástico, pacotes de leite vazios, cola e tesoura. Esqueço-me sempre, enquanto por lá navego, que o meu jeito para a bricolage é abaixo de nulo. Normalmente por volta do Natal decido  fazer alguma coisa gira, dessas ao estilo do pinterest. Árvores de natal com rolhas e palitos, decorações para a árvore de natal com lãs coloridas. A verdade é que acabo sempre por deitar tudo no lixo, frustrada e com os dedos colados com supercola 3. O mundo no Pinterest é cheio de humor, gatos fofos, frases inspiradoras, penteados fashion. É também no Pinterest que eu descubro que quero redecorar a minha casa todas as semanas, e nunca o faço.

 

Também culpo o Pinterest pela baixa produtividade das minhas horas de almoço. Podia estar a fazer tanta coisa útil em vez de gastar 40 minutos por dia a divagar no Pinterest…

Acabo sempre por lá ir parar quando estou morta de tédio. E saio de lá a sentir que estive “inconsciente” durante todos esses minutos. Vi tanta coisa que não me lembro de nada… nem do meu nome.