Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(Sem) Manual de Instruções

Porque a vida não tem manual de instruções. Um pouco de tudo o que é importante, tratado com uma pitada de sátira e sarcasmo!

(Sem) Manual de Instruções

Porque a vida não tem manual de instruções. Um pouco de tudo o que é importante, tratado com uma pitada de sátira e sarcasmo!

May the force be with you. Whatever that means.

 

Gostava de encontrar alguém que me conseguisse explicar a magia do Star Wars.

Admito que vi apenas dois filmes, já há algum tempo e nem sei se os vi na ordem certa.

Não digo que não gostei dos filmes, mas logo a seguir a terem passado os créditos finais, esqueci-os. Não foram portanto memoráveis e não me fizeram fã.

 

Sei que há uma princesa Leia, um Hans Solo, o feioso da máscara Darth Vader que anunciou ao Luke Skywalker que é o seu pai, numa tirada estilo programa da Fátima Lopes: “Lucas, eu sou o teu pai”.

Há um bonequinho baixinho e verde que fala ao contrário, um alto e orelhudo, um muito peludo e um robot chamado R2 qualquer coisa.

 

darth-vader.jpg

 

Perdoem-me os fans, mas é mesmo só isto que eu sei sobre a saga.

O que até é estranho visto gosto de imensos filmes passados no espaço, desde o velhinho “Apollo 13”, o lamechas “Armagedon”, “2001: Odisseia no Espaço” e dos mais recentes “Gravity” e “Interstellar”.

Também gosto de Triologias e de ficção-científica/fantástico. Harry Potter, Hunger Games, Lord of The Rings, Game of Thrones… gosto de todos. Até o clássico Regresso ao Futuro está na minha lista de favoritos.

 

Então porque é que o Star Wars não me agarra? Não entendo…

 

Como não quero ser casmurra e do contra, vou ver este filme e dar-lhe outra hipótese de me converter. Mas cheira-me que aqui se aplica uma daquelas teorias das relações: se não acontece naturalmente, não vale a pena forçar que não vai acontecer.

 

May the force be with you. Whatever that means.